Eu Li: Um Homem de Sorte (The Lucky One)

Um Homem de Sorte é o terceiro livro do Nicholas Sparks que leio e achei que tem uma temática diferente da qual ele costuma abordar e isso me surpreendeu (afinal Sparks não é só amores impossíveis e mortes eminentes). O livro é narrado em 3ª pessoa sob a perspectiva de três personagens: Thibault, Clayton e Beth. 

Assim que comecei a leitura percebi que não ia gostar de Clayton e fiquei até desanimada com medo de que ele fosse o protagonista – porque ele é odioso (e eu não leio sinopse). Mas nosso protagonista e personagem-título é Thibault. Logan Thibault é um ex-fuzileiro naval que esteve em combate no Iraque e após encontrar uma misteriosa foto no meio do deserto, que os colegas acreditavam dar sorte a ele, resolve ir em busca da mulher na foto. 

Acontece que toda a história é inusitada (e estranha, esquisita, bizarra) demais, já que ele resolve sair do Colorado a pé até a Carolina do Norte (mais de 2 mil quilômetros)! A tal peregrinação do nosso protagonista dura uns três meses e nessa longa viagem em busca da terra do nunca ops, da mulher misteriosa, ele só conta a companhia de seu inseparável cão amigo Zeus. Zeus é um personagem importante na história, um pastor alemão super bem treinado e que me fez desejar ter treinado meus cachorros para serem como ele! Ele é inteligente, amistoso, leal e ainda serve como cão de guarda!

Apesar de toda a natureza inusitada (a caminhada atravessando o país e tal), Logan é um personagem adorável, muito sincero, honesto, e o livro, depois que você começa a conhecer a historia dos personagens, flui muito bem. Eu também gostei bastante de Beth, ela é uma mulher jovem, mas que tem um filho pequeno e uma série de relacionamentos fracassados e ainda assim consegue ser bem espirituosa e forte para lidar com as situações que precisa enfrentar. Também gostei muito de Nana, a avó de Beth, que teve um AVC recentemente, mas é super ativa e tem uma forma de comunicação bem diferente, utilizando metáforas bem diferenciadas.
Nana era teimosa. E daí se a perna esquerda mal suportava o peso de seu corpo? "Minha perna esquerda não é perfeita mas também não é de cera." Ou que ela pudesse cair e se machucara? "Não sou um vaso de porcelana." Ou que seu braço esquerdo estava basicamente inútil? "Contanto que eu consiga tomar sopa, não preciso mesmo dele."
No início foi difícil simpatizar com os personagens, há bastante narração e pouco diálogo, mas uma coisa posso dizer sobre Sparks: ele construiu boas histórias de fundo para seus personagens. Ele é detalhista em relação a algumas coisas e isso, de certa forma, serve para cativar o leitor. Gostei de como ele criou um background amplo e ainda conseguiu criar algo inusitado, mas consistente o suficiente para se tornar acreditável
– Não sente necessidade de falar o tempo todo não é?
– Não. - sorriu.
– A maioria das pessoas não sabe apreciar o silêncio. Não conseguem parar de falar.
– Eu falo. Mas primeiro quero ter algo a dizer.
Gostei muito dessa passagem. Acho que Nicholas quer passar essa mensagem porque existe uma passagem parecida em Diário de uma Paixão.
Como em livros do autor, existe um toque de religião e fé na história, mas nesse, de forma mais leve que em 'Um Amor para Recordar'. Eu gostei bastante de como as coisas foram explicadas até mesmo porque ele entra no mérito mais espiritual da coisa (com a coisa da sorte). Mas como não poderia deixar de ser, esse é um livro Nicholas então vocês já devem estar preparados para um final dramático com alguma tragédia e esse particularmente me deixou com muita raiva! Nossa, eu quase tive uma síncope quando cheguei aos momentos finais (gritei, xinguei, falei alto 'Nicholas te odeio para sempre'), mas posso dizer que de modo geral, o livro me surpreendeu positivamente.

15 comentários:

  1. Eu estava lendo sua resenha e pensando já em escrever que nunca tinha lido nenhum livro do Nicholas Sparks. Aí cheguei no final da resenha e descobri o motivo, que estava no meu subconsciente, hahaha! Eu acho que não gosto muito de histórias com finais tristes demais. Acho que fico confusa depois de ler, parece que você meio que perde o chão, sei lá, rs. Ó eu viajando já! =P
    Mas ainda vou tomar coragem e ler pelo menos unzinho dele! =D
    beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Uau, vc gostou! Estou muito surpresa e não teve como não rir do seu "muita raiva", foi bem divertido.
    Mas eu te entendo, ficar imaginando um autor que eu prezo, e no final ele sempre acabar com o meu sonho de um final feliz, é muito triste e decepcionante.
    Gostei demais do 2º quote... espetacular!

    XOXO, da Lisse

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho que ler outro livro do Nicholas, por quê o único que eu li foi ''Querido John'', que gostei bastante, mas eu ainda não posso colocar a minha mão no fogo por ele e dizer que todos os livros são ótimos... Mas defendo o cara com sim, com unhas e dentes! #SouDesses

    Eu não gosto desta capa de ''Um Homem de Sorte''. Prefiro a nova, que é a do filme... Mas como eu planejo comprar futuramente os livros do Nicholas naquele paperback da Saraiva, acho que só tem esta versão mesmo...

    Mas dá para esperar. O próximo dele que eu quero ler é o supracitado ''Um Amor Para Recordar''.

    ps: O último quote é quase uma filosofia da minha vida. É. Rsrrss

    Henri B. Neto
    ''Na Minha Estante''

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei esse livro e o final me deixou sem fôlego, primeiro pq há uma reviravolt incrivel. Apaixonei-me pelo livro.

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    http://delivroemlivro.blogspot.com/
    http://devaneiosfugazes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Evellyn!
    Wow, eu quero muito ler esse livro. Eu adorei a sua resenha, parece ser o tipo de livro pelo qual eu vou me apaixonar pela história! Espero lê-lo em breve! :)

    Beijos, Mih.

    ResponderExcluir
  6. oi, acabei de conhecer seu blog e estou amando ;~~
    adorei a sua resenha, vc escreve muito bem!
    este livro está na minha lista, e eu pretendo ler ele ainda nas minhas ferias *-*
    adoro os livros do Nicholas :D

    ResponderExcluir
  7. Oi Eva! Aqui é Livia, autora do livro Queria Tanto. Primeiro, gostaria de agradecer por ter comentado no meu blog. E gostaria de dizer que você ganhou a promoção do meu livro, então depois me manda seu endereço pra eu te enviar o livro, ok? Pode ser por mensagem do Facebook pra ninguém mais ler o endereço. Só me procurar lá por Livia Grynberg Brazil.
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  8. É a segunda resenha que eu leio desse livro, e assim como a outra, diz que o livro surpreendeu por ser diferente dos outros, o que me animou bastante! Quem sabe eu não subo ele na lista de preferencias!

    Beijos, Milena.
    Livros na Cabeça

    ResponderExcluir
  9. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!
    - Hey Evellyn! +-

    Você continua fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    - Só Sites e Blogs Premiados -
    Selecionado pela nossa equipe, você está entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    - Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética -

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo

    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    ....................................................................

    ResponderExcluir
  10. Oi flor,
    li esse livro ha alguns meses e posso dizer que ele e um dos meus favoritos de sparks talvez seja por causa do cão sou apaixonada por eles e tenho uma pastor em casa que e praticamente minha bebe...rsrs...alem disso gostei da historia e de como foi contada mas me decepcionei com o filme pois eles cortaram e enxertaram algumas partes nada a ver.
    Bjks
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Enfim a resenha de um livro que eu já li, e que claro, está na lista dos preferidos *-* O estranho é que eu nunca imaginei Zeus como ele realmente é, só consigo imaginar um cão super fofo e pequeno, não sei porque, mesmo com as descrições! AHAHAH O final foi incrível, um dos melhores que eu já li, em dois segundos eu odiei pra sempre o Nicholas, chorei, e amei ele pra sempre! HAHAHA Como pode? *-*

    ResponderExcluir
  12. Eu amei esse livro . Já tinha lido à algum tempo e comprei-o este Natal para oferecer ao meu pai e é com a capa do filme (com o lindo Zac Efron) . Chorei no fim porque nos leva a pensar numa coisa e depois é outra.
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  13. Já ouvi falar muito desse livro.Realmente parece ser muito bom !!!!!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi Eve,
    Amei a sua resenha, amo esse é particularmente um dos meus favoritos do Sparks. O Logan apesar de um tanto estranho com toda essa coisa de andar 2 quilômetros a pé é um rapaz adorável assim com o Zeus que é o cachorro que todos nós queríamos ter né? Cachorro fundamental na trama!
    Nana também é uma personagem que gostei bastante, na verdade só não simpatizei muito com o tal do Clayton e com a Beth que apesar de ser a mocinha da história, achei bem chatinha
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ops, só pra me corrigir...2 mil quilômetros a pé! kkkkk

      Excluir

- Adoro saber a opinião dos leitores! Deixe seu comentário e eu responderei no seu blog, mas nada de comentários ofensivos hein?