Eu Li: Amor no Ninho

Recebi esse livro por um booktour que participei pelo blog da Clícia. O livro é nacional e li a primeira edição, da editora Baraúna, mas agora a capa e a editora mudaram. Confesso que seria um livro que eu não escolheria ler sem alguma recomendação, mas como aconteceu assim, resolvi confiar e dar uma chance – ainda bem. 

Marina Harrison é filha de imigrantes brasileiros na Inglaterra, que depois de perder os pais num acidente e ir parar num orfanato, acaba sendo adotada por uma família inglesa. Eles já tem 2 filhas e 1 filho e Marina chega para ser a caçula, quando ainda tinha 8 anos. O entrosamento com a família é imediato, exceto por Daniel, seu novo irmão, dois anos mais velho, que parece não ter ficado muito feliz por perder o posto de filho mais novo. 

Mas os anos passam e eles acabam desenvolvendo uma relação legal, amigável, 'fraterna' – isso fora alguns momentos em que coisas inocentes tomam outras conotações (há). Quando Marina está com 17, num momento de tensão máxima, depois de muitas insinuações da intenção de um com o outro, os dois acabam se pegando no banheiro dando o esperado first kiss. E depois disso, eles confessam seus sentimentos e é aí que o relacionamento começa – e com ele, os problemas! Afinal, se não tem problema, não tem história. 

Eu gostei muito do desenrolar do enredo. Quer dizer, eles não são irmãos-de-sangue, o que eu teria achado bem complexo porque incesto não está na minha lista de coisas-que-lido-bem. Mas eu também sou da opinião que o amor tudo pode, tudo supera então como competir com isso? Se tem AMOR no meio, não há o que se fazer! É claro que eles não podem simplesmente mudar o status de relacionamento de irmãos para namorados e ficam sofrendo em encontros escondidos. Marina é uma menina pura, que sempre esperou seu príncipe (que ela sabia desde sempre que seria Dan) e como Dan é um moço de família e não quer desvirtuar a irmã namorada, eles traçam um plano ousado para ficarem juntos. E para isso terão que enfrentar muitos obstáculos.
Tocá-lo e ser tocada por ele era ao mesmo tempo prazer e dor, era a certeza do que eu ansiava e também do que eu nunca teria.
Um aviso sobre este livro: ele é altamente erótico. Sabe, não um erótico descritivo, mas tem erotismo nas cenas... Isso realmente me pegou de surpresa. Sabia que era um livro 'adulto' e não 'adolescente', mas não tinha pensado nisso! E eu fico lendo em condução, então imaginem como não ficava corada enquanto lia algumas coisas – além de ter que conter as risadinhas (#soudessas). Sério, algumas cenas me deixavam bem impressionada e acho que foi justamente por não ser um erótico-pornô e sim por ter erotismo, insinuação e pegação. Acho meio forte para um público mais jovem. Não só pelo sexo, mas pelo contexto geral.

Aliás, nem vou comentar a parte sexual porque me incomodou. Juro que ainda não li um livro onde a coisa toda fosse mais natural. Quer dizer, ou os personagens não fazem, ou fazem uma vez só (e entram em conflito, não gostam, morrem, se separam) ou fazem e desembestam a transar loucamente como se não houvesse amanhã. Tinha horas que eu revirava os olhos porque era assim 'e então ele me beijou e estávamos enroscados rolando na areia com nossos corpos nus'. Mas ok, vou deixar isso de lado porque a paixão é uma loucura e não se age naturalmente quando se está louco.
Um alarme disparou no meu cérebro sinalizando a palavra 'perigo' em letras neon, mas eu ignorei, estava fascinada demais para me importar...
#adorónperigon
Ah, o livro não é narrado só pela Marina e Dan também narra várias vezes! Adoro isso para conhecer outros personagens. Além deles, também há partes narradas por Shanti e Lance, melhores amigos do casal, respectivamente. Adorei esses dois, são divertidos demais! E é bom acompanhar outros pontos de vista, até para sair um pouco do foco do casal principal.
Um relacionamento tão superficial como o que você me oferece não é mais o bastante para mim.
#chatiada 
Gostei bastante. Por vezes achei carregado no dramalhão mexicano, mas não digo isso de maneira ruim... É só uma coisa pessoal, porque fico meio implicante quando as coisas parecem melosinhas demais (sou uma rocha, lembram?). E tem a coisa extremamente sexual, mas novamente, é porque sou feita de gelo – ou talvez como diz uma amiga, ando a flor da pele e essas coisas me deixam NERVOSA! Haha – e aí acho tudo meio exagerado. E tem aquele final, que achei TERRIVELMENTE terrível. Sério, parece que a autora tinha que terminar e queria um acontecimento marcante e aí achei que a coisa desandou, realmente não entendi o que aconteceu... Não dá pra desqualificar tudo só por conta do final (ai, nem gosto de lembrar em como é injusto!), mas eu não gostei mesmo.

Sobre os aspectos técnicos do livro, eu reparei poucos erros de revisão. Até quase o fim, não havia erro de escrita, só de colocação de virgula e isso é surpreende!  Eu também não gosto nada da capa ou do nome do livro (acho estranhos demais), mas o livro é bom, então não se afastem por isso! Leiam para conhecer essa história. Se você curte um bom romance cheio de glicose, vai gostar. Se você curte um pouco de sacanagem, vai gostar também. Se você tiver o coração congelado, como eu, também pode gostar, então aproveite...

13 comentários:

  1. Uau, fiquei interessada nesse livro e isso é incrível:
    1. Nunca tinha ouvido falar dele.
    2. Nunca tinha ouvido falar na autora.
    3. Primeira resenha que leio dele.
    Pela resenha ficou evidente que o livro além de trazer um bom entedo traz um erotismo encantador.

    bjs,
    Camila Márcia
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  2. Já li esse livro e amei. Confesso que fiquei assustada pelas partes eróticas, mas mesmo assim eu amei *-*

    Adorei a resenha!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu estou curioso por esse livro à um bom tempo já, e nem considero o caso deles tão ''polêmico'' assim... Ela já foi adotada grande, não sei por quê a palhaçada do povo! (Mas confesso que ri muito imaginando alguém mudando o status no Facebook de ''irmãos'' para ''namorados''... Putz! Huahauah).

    Eu partilho da sua implicância com este povo que ou é casto demais ou são coelhos demais. Será que não existe um meio termo? Sei lá, uma cena de sexo à cada cinco cenas com beijo?! LOL

    E, sabe, eu gosto de dramalhão mexicano, então...

    Henri B. Neto
    ''Na Minha Estante''

    ResponderExcluir
  4. Já sabia desse livro faz tempo e nunca me interessei, ainda não me interesso muito, mas a história achei legal. A parte do erotismo aí eu não sabia, então agora vai ser meio difícil pra ler mesmo, rs.

    Beijos,
    Mandi - Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  5. Amor no Ninho parece, no mínimo, diferente. Acho que nunca li nenhum livro com nada assim, incestuoso (Guerra dos Tronos conta?) e acho que não lidaria muito bem com isso. Mas acho que deve ser bem interessante ver o conflito entre o sentimento fraternal e a atração entre os dois. O livro me deixou curiosa, mas não com aqueeela vontade de ler, sabe?
    Beijos
    http://trouxesteachave.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Já li várias críticas sobre esse livro e no momento não me fizeram querer ler o livro.. mas agora lendo a sua resenha acho que ainda vou dar uma oportunidade ao livro. Eu gosto de livros cheios de amores e tudo mais, mas tem que ser bem escrito! Obrigada pela resenha, beeijos!!

    ResponderExcluir
  7. Como vc, tb gosto de saber a opinião dos leitores, ainda mais qdo a resenhista se afirma feita de gelo, rsrs...
    Sim, meu livro realmente é meloso, dramático e com muita paixão, pq pelo contexto do casal e a idade deles, penso que seria natural as coisas se desenrolarem assim.
    Sobre o final, o livro parou naquele ponto, pq a continuação está sendo lançada esse mês, se chama Amor Inteiro, e aí iremos concluir a história.
    Agradeço o apoio a obra.
    Bjks...

    ResponderExcluir
  8. Amor no Ninho é um dos livros mais lindos que já li e o erotico dele não é pesado não KKK Só que tem continuação em Amor Inteiro, então não se desespere pelo final! Leia o próximo que já está em pré venda.

    Beijo, Mari

    Vitrine TBF

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Nossa sério que achou isso do livro?

    Eu o li recentemente e particularmente amei, não o achei tão pesado...
    Não chega a ser um Cinquenta Tons...
    O final de Amor no Ninho é terrível (mais ou menos), mas porque tem continuação.
    Amor Inteiro está chegando.

    Beijos, Gabyh

    Vida de Bookaholic

    ResponderExcluir
  11. Josy
    Eu leio muitos livros, os que me indicam, os que eu gosto e até os que são polêmicos e que muitos não gostam.
    Amor no Ninho é o livro que me faz suspirar, vive na minha cabeceira. (Quando quero sonhar, leio um pouco dele.)
    Gosto do amor puro e visceral dos casais, que se permitem amar sem as barreiras do preconceito, com o qual fomos criados.
    Sua resenha é interessante. O que me expantou, foi você achar o livro com conteúdo adulto.
    Adulto pra mim, são os livros da moda, que tenho certeza, que se você ,ainda não leu, lerá.
    Nem preciso citar os nomes, pois como resenhista de livros, você deve conhecê-los bem. rsrsr
    É engraçado até como as pessoas os pegam na prateleira. Tenho uma amiga que trabalha na Cultura e me pediu para observar um pouco, a façanha. O leitor roda a livraria, confisca o livro, esconde a capa, anda mais um pouco, vai ao caixa paga e trata logo de ir embora. Tipo estou levando o pecado embora. Foi interessante acompanhar a façanha...
    Quanto Amor no Ninho, trata-se de uma história de amor. Um amor completo. Eu posso dizer isso de cadeira, porque vivo um grande amor, que começou exatamente assim na adolescencia, passamos pela fase da ânsia, dos hormônios, da calmaria, e graças a Deus, voltamos a fase dos hormônios. E viva ao amor!
    Não se assuste com o final, Amor Inteiro está chegando, espero que tenha a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir
  12. Estava a ficar interessada na história mas quando li aquela parte sobre sexo , desisti . Estou farta de tanto sexo e sexo . Até parece que já nao pode haver uma historia de amor , um romance sem tanto trambolhao no meio dos lençóis :s
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  13. Oi Eve,
    Achei bem interessante a sua resenha, mesmo o livro lidando com um "incesto", fiquei bem curiosa para saber o que acontece com esse casal.
    Beijos

    ResponderExcluir

- Adoro saber a opinião dos leitores! Deixe seu comentário e eu responderei no seu blog, mas nada de comentários ofensivos hein?